Treinamento comportamental

Seu cão está sofrendo de ansiedade?

Seu cão está sofrendo de ansiedade?

Os cães ficam ansiosos?

Em um mundo de ritmo elevado, com empregos e estilos de vida estressantes, todo mundo está aprendendo os efeitos do estresse e da ansiedade. Alterações de apetite e peso, dores de cabeça, depressão, problemas digestivos, comportamento nervoso e perda de sono são alguns dos sintomas que os humanos sofrem de ansiedade. Os cães têm ansiedade? É semelhante à ansiedade humana? Isso pode ser evitado?

As respostas: Sim, Sim e Sim! Os cães ficam ansiosos!

Cães absolutamente experimentam ansiedade. É responsabilidade do proprietário estar em sintonia com o cão e acompanhar as mudanças que possam indicar que o cão está sofrendo de estresse. Os cães experimentam ansiedade por causa de lutas psicológicas, físicas e ambientais. Sem intervenção, os resultados do estresse de um cão podem ter efeitos negativos em sua casa, sua família e a saúde geral do cão.

Sinais de ansiedade em cães

Todo cão mostra sinais de ansiedade à sua maneira. Se você perceber uma mudança no comportamento do seu cão, é importante avaliar a situação, colocar-se na coleira e determinar se algo o está incomodando. Alguns possíveis sinais de ansiedade estão listados abaixo:

  • Mudanças no apetite ou no peso
  • Vocalização excessiva
  • Mudanças nos hábitos de eliminação
  • Auto-mutilação (lambedura excessiva ou mastigação, granulomas por lamber, etc.)
  • Desobediência
  • Agressão
  • Mudanças na saúde
  • Letargia
  • Depressão
  • Novos comportamentos destrutivos (como mastigar)
  • Tremendo
  • Inquietação
  • Ofegante excessivo

    Se o seu cão está mostrando sinais de estresse e ansiedade, é extremamente importante consultar o seu veterinário para descartar problemas médicos. Se seu cão é fisicamente saudável, seu veterinário o ajudará a dar o próximo passo no tratamento do estresse.

Ansiedade canina e paralelos à ansiedade humana

Como você sabe, estar estressado e ansioso é desagradável. Se você sentir que seu cão ou gato está tendo uma luta psicológica, relacione-o com suas emoções e trabalhe duro para ajudá-lo a resolver o problema. Tal como acontece com a ansiedade humana, sem intervenção, o sistema imunológico do seu cão pode ficar comprometido, ele pode ficar gravemente deprimido e / ou desenvolver problemas de comportamento. Eliminar a causa do estresse ou ajudar seu cão a lidar com a situação é a chave para aliviar a ansiedade.

Causas da ansiedade canina

Determinar a causa da ansiedade do seu cão pode ser uma tarefa difícil, pois os cães não podem nos comunicar o que os está incomodando. Comece avaliando a vida diária do seu cão. Algum dos seguintes itens pode ser um problema para o seu cão?

  • Separação da família
  • Tédio
  • Falta de exercício / brincadeira
  • Medo (barulhos altos, outros cães, certas pessoas ou objetos, etc.)
  • Nutrição inadequada
  • Problemas de saúde / dor
  • Alojamentos inadequados
  • Alterações na rotina diária
  • Perda ou adição de membro da família ou cão

Prevenção e tratamento da ansiedade em cães

Existem várias coisas que você pode fazer para minimizar o estresse e a ansiedade em seu cão. Tornar o bem-estar do seu cão uma prioridade é o primeiro passo para prevenir a ansiedade. Por exemplo, gire as rodas mentais do seu cão através de brinquedos, jogos e treinamento de obediência e truques. Exercite o corpo do seu cão através de caminhadas e / ou brincadeiras. Ofereça apoio emocional, dando ao seu cão seu tempo e amor. Cultive seu corpo, fornecendo comida de cachorro nutritiva e de alta qualidade, água fresca e o abrigo de sua casa.

Tratar a ansiedade em seu cão pode ser um processo longo e tedioso, mas seja persistente e você ajudará seu cão a encontrar alívio. Descartar causas médicas de estresse, eliminar outras causas potenciais, enriquecer a vida do seu cão com todos os itens essenciais e explorar o site para obter artigos sobre como ajudá-lo a lidar com as situações que o deixam ansioso.

Como os humanos, alguns animais são naturalmente propensos ao estresse e outros têm sérias lutas com traumas passados. Estes cães podem precisar da assistência de um veterinário behaviorista ou medicamentos anti-ansiedade prescritos por um veterinário.

O ponto principal é que os animais experimentam estresse emocional, e isso é algo a ser levado a sério.